Busca

linksonoro

um link e muitos sons

Revamp, a celebração da música de Elton John & Bernie Taupin

(Ouça a íntegra do programa aqui)

 

Revamp, a celebração da música de Elton John & Bernie Taupin – Podcast

 

Alguns nomes da música mundial ficarão em definitivo em nossa memória, independente da época. São os artistas que tem o trabalho atemporal, ou seja, gerações e gerações irão conhecer e se deliciar com seus projetos. Esse é o caso de Reginald Kenneth Dwight, ou melhor, Elton John. Um dos nomes mais fortes do cenário musical, Elton trouxe para a música pop canções de estética elaborada, somadas ao seu virtuosismo ao piano e um visual que para muitos pode parecer extravagante, mas que sim, é extremamente bem pensado e sempre foi um complemento de seus álbuns e turnês. Seu talento fez até mesmo Elizabeth II se render a sua contribuição para a música e cultura inglesa e em 1998 a  Rainha o condecorou como Cavaleiro Ordem do Império Britânico, nasceu aí Sir Elton John. Resumindo ele trouxe para o mundo verdadeiras pérolas sonoras que serão inesquecíveis, até mesmo para a matriarca da família real.

 

Sir Elton John

 

Mas Elton John não estava totalmente sozinho em sua trajetória musical. Quando falamos de Elton e seus grandes sucessos, falamos também de Bernie Taupin, letrista, poeta e parceiro de John desde 1967, que criou ao lado do pianista sucessos memoráveis como Your Song, Bennie And The Jets, I Guess That’s Why They Call It The Blues, Tinir Dance só para citar algumas das criações destes talentosos rapazes.

 

Bernie Taupin e Elton John

 

Recentemente Elton John anunciou sua aposentadoria e durante 3 anos fez uma turnê que rodou os quatro cantos do planeta, passando também pelo Brasil. Mas a celebração de sua carreira não parou por aí. Chegou ao mercado musical este ano a compilação Revamp: Reimagining the Songs Of Elton John & Bernie Taupin, álbum que mostra os clássicos da dupla interpretados por diversos nomes da cena musical, trazendo para essa geração do século XXI a história sonora de Elton e Bernie que já atravessa décadas.

 

Revamp: Reimagining the Songs Of Elton John & Bernie Taupin

 

A união entre Elton John e Bernie Taupin é daquelas dobradinhas perfeitas, as letras de Bernie quase pedem pelas melodias de Elton tamanha a sintonia artística entre eles, quem nem precisam se encontrar para criar uma canção. O telefone (numa época em que ainda não havia internet) foi – muitas vezes – o 3º elemento entre os dois, que se afinavam por ali mesmo.

 

Eltn & Bernie, música pelos poros e pelo telefone

 

As composições desta dupla são tão robustas e elaboradas que suportam qualquer ajuste ou adequação sem perder o brilho de suas melodias. E o que se vê em Revamp é exatamente isso, músicos dos mais variados estilos imprimindo suas características nas interpretações e mesmo assim as faixas continuam com o mesmo vigor proposto por seus compositores originais. Para se ter uma ideia temos Queens Of Stone Age na faixa Goodbye Yellow Brick Road, Florence And Machine em Tiny Dancer, P!nk e o rapper Logic em Benny And The Jets, essa faixa inclusive conta com a participação do próprio Elton John e Mary J. Blige em Sorry Seems To Be The Hardest Word. Isso sem falar em Coldplay, The Killers, Mumford And Sons e outros nomes de pegada mais pop como Ed Sheeram, Sam Smith e Miley Cyrus que também marcam presença no álbum.

 

Lady Ga Ga e Elton John

 

É claro que ao escutarmos  Revamp: Reimagining the Songs Of Elton John & Bernie Taupin vamos sempre buscar na nossa memória afetiva o original de cada faixa interpretada por Elton John, mas vale à pena conferir com atenção todo o álbum, com certeza todos ali se emocionaram, e muito, em interpretar composições de dois artistas que são ídolos para muita gente.

Se você ainda não conferiu Revamp: Reimagining the Songs Of Elton John & Bernie Taupin, o álbum está disponível em diversas plataformas digitais e para conhecer este e outros trabalhos de Sir Elton John é só acessar eltonjohn.com.

Até a próxima! 😀

 

 

 

 

Anúncios

Teresa Cristina e sua bela homenagem a Noel

(Ouça a íntegra do programa aqui)

 

 

O samba, este que é o estilo mais tradicional da música brasileira, tem em seu rol de compositores mais que simples letristas, são verdadeiros poetas que buscam no cotidiano do povo, no amor, nas escolas de samba e na boemia a inspiração para letras que atravessam décadas e não perdem sua autenticidade, contemporaneidade e beleza. Daí nomes como Cartola, Monsueto Neves, Adoniran Barbosa, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa e tantos outros terem seus sambas registrados por gerações e gerações de artistas.

Um bom exemplo de dedicação e amor ao samba é a carioca Teresa Cristina. A cantora fez do circuito de bares da Lapa, no Rio de Janeiro, o trampolim para sua ascensão na MPB e da obra de Paulinho da Viola o primeiro passo para o mercado fonográfico, com álbum A Música de Paulinho da Viola, lançado em 2002 que abraçava o trabalho do nosso princípe do samba. Daí em diante Teresa foi se tornando, a cada álbum, uma das representantes mais fieis do estilo. Com sua voz irretocável e um repertório bem selecionado, típico daqueles que realmente pesquisam a fundo toda a produção realizada por diversos sambistas, a moça mantém viva para as novas gerações o que temos de mais rico na cultura brasileira.

 

 

Teresa Cristina Canta Noel

 

Dando continuidade a sua exaltação ao samba Teresa focou seu canto em uma trilogia de sambabooks que começou em 2016 com um álbum que abraçava a obra de Cartola, em Teresa  Cristina Canta Cartola, e chega agora ao seu segundo lançamento com Teresa Cristina Canta Noel, álbum que traz a parceria, já consolidada com o violonista Carlinhos 7 Cordas. Para encerrar essa tríade ela promete ainda passear pelo cancioneiro de Nelson Cavaquinho.

 

Parceria refinada com Carlinhos 7 Cordas

 

Com direção musical de Caetano Veloso e lançado pela Uns Produções, Teresa Cristina Canta Noel é uma homenagem delicada a este compositor que teve uma vida curta, mas o suficiente para marcar seu nome no samba com canções que fizeram  história na música brasileira. Criteriosa e conhecedora da obra de Noel, assim como Caetano, Teresa saiu do lugar comum e incluiu neste disco faixas que podemos chamar do lado B de Noel, além de registrar – claro – clássicos do compositor.

 

Caetano e Teresa, homenagens delicadas aos mestres do samba

 

Em Teresa Cristina Canta Noel,  a cantora segue a risca a máxima de que “o belo está no simples” e a dobradinha voz e violão dá ao álbum um alta dose de refinamento musical. Os arranjos para  a voz de Teresa e o violão de Carlinhos 7 Cordas não fogem dos originais de Noel Rosa, mas a maneira que eles conduzem o repertório dão destaque às letras de Noel , que Teresa confere um brilho na medida certa para cada verso.

Na seleção escolhida para Teresa Cristina Canta Noel estão Seja Breve, Não Tem Tradução, Conversa de Botequim, Silêncio de Um Minuto, O X do Problema e Minha Viola, composta por Noel em 1929, que traz um ar caipira e que neste álbum de Teresa traz a participação de Mosquito, um dos nomes da nova geração do samba e partideiro de mão cheia.

 

Mosquito, um dos nomes da nova geração do samba

 

E ainda falando das faixas, é bom lembrar que essas composições são do início do século XX e que mesmo assim soam conteporâneas, mostrando o porque da obra de Noel Rosa ser atemporal.

 

Noel Rosa, atemporal

 

Vale destacar as fotos e o figurino de Teresa, ela surge elegante em um vestido que traz a mistura de borgonha, azul e rosa. Ou seja, o mesmo refinamento que encontramos no repertório se estende para o trabalho como um todo, mostrando o cuidado que a moça e sua equipe tiveram na elaboração deste projeto.

 

Elegância no repertório e no figurino

 

Teresa Cristina Canta Noel é um álbum necessário que merece, e deve, ser escutado diversas vezes para captar cada detalhe da interpretação de Teresa, do violão de Carlinhos e das rimas de Noel. O disco está disponível em diversas plataformas digitais e se você quiser conferir a cantora ao vivo, ela já está em turnê pelo país. Vale acessar teresacristinaoficial.com e conferir se sua cidade já entrou no roteiro de shows. Um belo trabalho que traz também um show imperdível.

Até a próxima! 😀

 

 

 

 

 

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑