(Ouça a íntegra do programa aqui)

 

 

Se você não se ausentou deste planeta na primeira década do século XXI e se acompanha a cena indie rock, com certeza se lembra da banda The Gossip, trio que incendiou a cena musical com seu som pulsante e a presença incendiária da vocalista Beth Ditto. Passados os anos e após algumas diferenças entre seus integrantes a banda se desfez e Beth Ditto inaugurou sua carreira solo. Este mês Beth lançou Fake Sugar, trabalho que não afasta Ditto da sua proposta rock mas traz a tona seu lado compositora e uma preocupação com a presença da sua voz potente e interpretação visceral.

 

Fake Sugar

 

Em Fake Sugar, Beth Ditto se une aos parceiros da atual banda e a produtora Jenn Delciveo – que Beth descreve com a rodinha do seu patins – para dar vida as suas idéias e transformá-las em letras que ganham cor nos arranjos potentes para as faixas. A força que Ditto põe em seu canto é um ingrediente fundametal para as composições e por falar nisso, diferentemente do trabalho anterior da moça, o The Gossip, a voz de Beth está mais presente e sem alguns excessos que permeavam o som da sua ex-banda. Beth Ditto surge com uma linha vocal mais elaborada e consistente, sem perder sua potência e estilo vigoroso de se apresentar.

 

A garota solta a voz sem medo

 

Neste álbum que inaugura a carreira solo de Beth Ditto fãs do seu antigo grupo e da cantora com certeza vão ter uma grata surpresa. A moça reuniu uma banda de primeira,  bem entrosada, que encaixou como uma luva com o estilo de Ditto e que além disso soube captar a essência da proposta de Fake Sugar. Segundo a própria Beth “este é seu álbum sulista mas sem ser country”. E de fato os arranjos para todos  os instrumentos acompanham a intensidade que a cantora coloca em suas interpretações. Ou seja, são camas perfeitas para as criações da moça. As linhas de guitarra, baixo e bateria se fundem aos teclados que dão uma atmosfera enfervescente mesmo nas faixas e momentos mais sutis.

 

Beth Ditto

 

Nas 12 composições que compõe Fake Sugar podemos encontrar verdadeiras pérolas que despertam nossa curiosidade e nos levam para o universo sonoro cheio de nuances de Beth Ditto. Fire, In And Out, Oo La La, We Could Run, Love In Real Life e Oh My God nos mostram a forte personalidade musical de Beth que se entrega de corpo e alma em seu trabalho solo. Para você ficar por dentro de Fake Sugar e de todo o trabalho de Ditto é só acessar bethditto.com. Boa viagem por Fake Sugar!

Até a próxima! 😀

 

Anúncios