50 anos é uma data marcante onde a maturidade e a serenidade começam a dar lugar ao imediatismo de outras épocas. No caso de Zeca Baleiro podemos perceber que estas mudanças também se refletiram em seu mais recente trabalho, Era Domingo, lançado este ano pela Som Livre. 10º álbum de inéditas da carreira do músico, o disco traz a participação de vários produtores, músicos e amigos de longa data que vem acompanhando Zeca nestes seus 20 anos de carreira.

 

Era Domingo
Era Domingo

 

Era Domingo é um trabalho marcado pela multiplicidade de sons e estilos poéticos. Zeca se cercou de 13 produtores para reciclar o modus operandi de suas produções e a parceria com nomes como Adriano Magoo, Tuco Marcondes, Haroldo Ferretti e Henrique Portugal deu um frescor para a música de Zeca e trouxe arranjos que dialogam com a poesia de Baleiro, em ambientes cheios de efeitos, samples, backing vocals, ambientações com ares de rock inglês, psidodelias, baladas, ska e baião.

 

Zeca e seu time da pesada!
Zeca e seu time da pesada!

 

A poesia de Zeca faz um tour pelos mais diversos temas e situações. Com lirismo, delicadeza e bom humor Zeca nos mostra a força de sua escrita e seu olhar atento e sensível ao nosso cotidiano, a condição humana e ao amor.  Com exceção de Deserta em parceria com Lokua Kanza e Desesperança, canção criada em cima de um poema do séc. XIX do escritor maranhense Sousândrade, todas as faixas fazem parte do repertório criativo do moço que deu total liberdade aos produtores que participaram do projeto para se envolverem com sua poesia.

 

Zeca Baleiro
Zeca Baleiro

 

Fã ou não de Zeca Baleiro vale a pena conferir Era Domingo com certeza este disco vai dar o que falar. Se você ficou curioso para conhecer o novo trabalho de Zeca é só acessar zecabaleiro.com.br.

Aqui no Link Sonoro você confere a faixa De Mentira.

Até a próxima! 😀

 

Anúncios