(Ouça a íntegra do programa aqui)

 

 

Um dos álbuns mais emblemáticos da música pop completa 5 décadas este ano e mesmo tanto tempo depois continua sendo um trabalho vigoroso, elaborado e atual. A gente está falando de Revolver, lançado pelos Beatles em agosto de 1966. Naquela época os quatro garotos de Liverpool estavam imprimindo novas cores e sonoridades em sua música e as canções de arranjos simples, estavam dando espaço para experimentações, orquestrações, samples e efeitos ainda pouco usados naqueles tempos do analógico.

 

Revolver
Revolver

 

Em 1966 os Beatles estavam se despedindo dos palcos gradativamente e abrindo espaço para um processo criativo que explorava ao máximo as possibilidades de cada um de seus integrantes. Logo na faixa de abertura o contido George Harrison solta a voz e a guitarra em Taxman e na sequência um conjunto de cordas, no melhor estilo clássico, fazia a cama para Paul McCartney interpretar Eleaonor Rigby, faixa que se tornaria um dos ícones da carreira do grupo. À partir daí o que o público confere é uma série rocks, baladas, canções com tons lisérgicos, instrumentos pouco usados em estúdio, como a citara, letras que dão adeus ao romance açucarado e a participação de todos os integrantes nos vocais, cada um com seu momento de destaque.

 

Os palcos estavam começando a ficar para trás
Os palcos estavam começando a ficar para trás

 

Revolver é um retrato fiel das mudanças que os integrantes vinham passando, afinal foram muitas influências em tão pouco tempo. O LSD, a cultura indiana, o momento sócio-político-cultural que o mundo estava passando e a quebra de tabus e ideias que não combinavam com a 2ª metade do século XX, eram alguns dos eventos que estavam mexendo com a cabeça dos jovens e com o Fab Four não poderia ser diferente. Todo este caldeirão em ebulição revolucionou o mundo e, principalmente, a música dos ingleses que deu um salto tão grande em qualidade que até hoje Revolver é referência pela sua genialidade e atemporalidade.

 

1966 foi um ano e tanto!
1966 foi um ano e tanto!

 

Se você se esqueceu das músicas de Revolver, vale lembrar que estão lá She Said She Said, For No One, Got Get To You Into My Life e Good Day Sunshine, só pra citar algumas pérolas deste disco. Vale a pena celebrar os 50 anos de Revolver, escutando o álbum várias vezes.

Aqui no Link Sonoro você confere a faixa Eleaonor Rigby.

Até a próxima! 😀

 

Anúncios