Um musical para o teatro é uma produção que precisa ser muita bem elaborada para que não caia naqueles excessos que podem jogar a ideia original por água abaixo. Principalmente se a personagem central da história for alguém que tenha marcado, muito mais que uma geração, a cena cultural de um país. Se esse desafio é superado, com certeza o espetáculo vai levar para o público uma combinação perfeita de teatro e música. E esse é o caso de Cássia Eller – O Musical, que traz na direção musical a percussionista Lan Lanh, integrante da banda de Cássia e amiga de longa data.

 

Lan Lahn e o elenco afinado de Cássia Eller - O musical
Lan Lahn e o elenco afinado de Cássia Eller – O musical

 

Para quem não teve a oportunidade de ir a um show de Cássia Eller, pode não entender bem toda a responsabilidade da atriz e cantora Tacy de Campos. Uma apresentação da artista era um verdadeiro caos emocional. A plateia ia de um extremo ao outro em questão de minutos. Histeria e concentração, risos e choros, público cantando a plenos pulmões e silêncios demorados, tudo isso sem falar na descarga de energia que Cássia soltava em cada espetáculo. E é bom lembrar que mesmo após 14 anos de sua morte,  ainda não se ouviu uma cantora, recente, que tenha chegado perto da potência de sua voz ou da força da sua interpretação. Mas o universo da música tem suas surpresas e a curitibana Tacy impressiou na audição para seleção de atores e continua a impressionar, agora o público, com a semelhança de sua voz e com a medida certa da interpretação, mesmo sendo uma atriz iniciante.

 

Cássia Eller, pura energia no palco
Cássia Eller, pura energia no palco

 

O elenco formado por 6 atores e atrizes, além de Tacy de Campos,  é outro ponto forte do espetáculo. Eles cantam, tocam, variam de personagens e encaram de peito aberto o desafio de interpretar pessoas importantes na vida de Cássia Eller. Os pais, a primeira namorada, Nando Reis, Guto Graça Mello, a esposa Maria Eugênia, o amigo Marcelo Saback, Lan Lahn e Oswaldo Montenegro são só alguns nomes que estão representados no texto de Patrícia Andrade. Já o repertório, esse não precisa de muita explicação. São “só” 34 faixas que passam por várias etapas musicais da vida de Cássia Eller, desde o início em Brasília e  BH até o sucesso nacional. Estão lá os rocks, os sambas, os blues, as baladas, Cazuza, Nando, Melodia, música francesa, gitana e os hits. Tudo isso levado por uma banda afinada e que segue à risca a orientação da diretora musical : os arranjos deveriam seguir os originais. E eles conseguiram! Os 5 rapazes fazem a cama perfeita para toda a apresentação. Um luxo só!

 

Tacy Campos
Tacy Campos

 

O espetáculo, que tem direção de João Fonseca e Vinicius Arneiro, está em turnê pelo Brasil, então fique atento a agenda cultural da sua cidade e não deixe de conferir um dos musicais mais bacanas em cartaz no país. Vale pra matar saudade de Cássia Eller e conhecer melhor sua vida e obra, com certeza você vai se emocionar e muito!

Aqui no Link Sonoro você confere a faixa Cássia Eller, ao vivo, com Blues da Pidade composição de Cazuza .

Até a próxima! 😀