Mudanças. Elas são necessárias e sempre vem após períodos em que a criação fica com aquela cara de “lugar comum” e o ato de produzir se torna algo com ares de acomodação. Em Currents, novo álbum do Tame Impala, a gente percebe essa necessidade de mudança logo na capa do disco. As linhas retas e cinzas, de repente, se tornam curvas criadas pelo efeito de uma esfera que dão um novo caminho, uma nova forma, uma nova cor. Mérito do músico e artista gráfico Robert Beatty que captou, e muito bem, a proposta do frontman do grupo Kevin Parker.

 

Currents
Currents

 

Em Currents, Kevin solta seu talento e assina as composições, canta e toca, além de ser responsável pelas gravações. A psicodelia continua presente nas faixas embalada em teclados lisérgicos, que às vezes podem esconder as linhas de guitarra, mas que criam uma atmosfera retrô que trazem arranjos bem elaborados e criativos. Ao longo do disco, somos levados para algum momento nos anos 70 com melodias funkeadas e, sem perceber, já estamos de volta ao século XXI com uma estética sonora eletrônica e cheia de efeitos. E não se iluda, essa viagem no tempo, proposta pelo grupo, faz todo sentido quando falamos do Tame Impala.

 

Kevin Parker, talentoso e multifacetado
Kevin Parker, talentoso e multifacetado

 

Neste novo trabalho Kevin Parker soltou seus sentimentos em composições que trazem uma série de emoções costuradas, sem se perder em ladainhas chatas e melancólicas. Talvez por isso Currents seja um disco que vai nos cativando a cada audição e que nos oferece uma embalagem ensolarada para temas tão variados. ‘Cause I’m A Man, The Less I Know The Better, The Moment e New Person,Same Old Mistakes são algumas das faixas que ilustram, e bem, essa nova fase do Tame Impala. Se você ainda não conferiu Currents, vale à pena fazer uma rápida pesquisa na web e se deixar levar pela viagem sonora da banda. Para conhecer mais do trabalho destes australianos é só acessar www.tameimpala.com.

 

Tame Impala
Tame Impala

 

Aqui no Link Sonoro você confere a faixa ‘Cause I’m A Man.

Até a próxima!😀