No início deste mês chegou às lojas reais e virtuais  Lioness Hidden Treasures, álbum que reúne pérolas escondidas, releituras e fragmentos de algumas gravações de Amy Winehouse ( 1983-2011). Com certeza esse não era para ser o tão aguardado 3º álbum de Amy, que nos últimos tempos vinha batalhando contra vícios, amores perdidos e composições inacabadas.

 

Lioness Hidden Treasures

 

Lioness Hidden Treasures contou com o talento de Mark Ronson e Salaam Remi em algumas faixas que precisavam de finalização e a participação da big band The Dap Kings e Chris Elliot nos arranjos de cordas.

 

Mark Ronson : amigo, parceiro musical e produtor

 

Na pesquisa feita nos trabalhos deixados pela moça foram encontradas pérolas como Will You Still Love Me Tomorrow? releitura para esse sucesso de Carole King, gravada na décadade 1960 pelo The Shirelless, que ganhou de Amy uma interpretação no nível daquela menina quase tímida que soltava sua voz em Frank ( 1º CD de Amy,2003). A inédita Half Time é uma sobra de gravação de Frank, balada cheia de detalhes sonoros e um swing de primeira. The Girl From Ipanema pode não ter ganho a mais brilhante de suas versões, mas vale pelo registro deste clássico da dupla maior da MPB, Tom Jobim e Vinícius de Moraes. O disco ainda traz velhas conhecidas dos fãs de Amy como Wake Up Alone, Valerie, Tears Dry On Their Own e a badalada Body And Soul, último registro da cantora feita ao lado de Tonny Benett para o mais recente álbum do cantor.

Enfim, Lioness Hidden Treasures mata saudade e nos faz relembrar o talento e a força da interpretação de Amy Winehouse. Com certeza este não será o primeiro nem último álbum que irá relembrar a curta carreira da cantora, mas vale conhecer as cartas musicais escondidas no baú desta inglesa nota 10.

Aqui você confere  a faixa Between The Cheats

Até a próxima!