A música brasileira tem a virtude de abraçar todos os ritmos e influências e ainda assim ter uma cara, um tom que a torna única, particular e criativa.

O rapper Kleber Gomes, ou melhor Criolo, é um bom exemplo desta multiplicidade sonora que faz do seu hip-hop um produto nacional de 1a qualidade. Seu mais recente trabalho, Nó Na Orelha, traz do afro-beat ao bolero, do samba a balada, da soul-music ao reagge, tudo ali saltando em arranjos bem  elaborados conduzidos pela voz super bacana que o camararada tem.

hip-hop e muito mais

O olhar crítico de Criolo lança luz nos problemas que todos nós brasileiros já conhecemos, mas também, como todo brasileiro, consegue levar pitadas de leveza e humor. Nó Na Orelha contesta, como todo hip-hop deve fazer, mas também faz refletir e imaginar cenas e histórias vindas da sua poesia. Bogotá, Linha de Frente, Freguês da Meia-Noite e Não Existe Amor em SP mostram toda a criatividade e sensibilidade de Criolo.

Nó Na Orelha teve a produção de Marcelo Cabral e Daniel Ganjaman e está disponível para download no site de Criolo www.criolo.art.br/criolononaorelhahotsite. A versão física do trabalho chega às lojas este mês nos formatos CD e vinil com faixa-bônus. Conectado, Criolo tem seu perfil no Twitter, Facebook e Youtube, todos com link no site para você acompanhar o trabalho do moço.

Aqui você confere Não Existe Amor Em SP

Até a próxima!

Por Michelle Bruck.