Dez anos se passaram desde o último lançamento da cantora nigeriana Sade Adu, o aclamado ‘ Lovers Rock ‘ de 2000. No último dia 05 de fevereiro seus fãs finalmente puderam matar saudades com o lançamento de ‘ Soldier of Love ‘ .
Antes de mais nada vale dizer que a moça, hoje com 51 anos, vendeu só na 1a semana após o lançamento 501.655 cópias. Uma marca muito acima da média no atual cenário da indústria fonográfica, onde os CD’S perderam espaço para as várias formas de consumo musical que a internet oferece.

Mas vamos ao álbum propriamente dito. Em ‘ Soldier of Love ‘ , Sade vem acompanhada de sua banda de longa data e fiel as características que a lançaram ao patamar de diva em meados do anos 80 : a voz aveludada e bem colocada, uma pitada de jazz, uma dose de soul, um pouco de reagge e letras que passeiam no universo do amor e suas dores e delícias.
Para alguns Sade Adu voltou com mais do mesmo, já para outros 501.655 ( até semana passada, claro ) ela continua cada vez melhor. O certo é que a cantora fez um trabalho elegante, bem produzido, em sintonia fina com seu grupo e dentro do caminho que ela escolheu para a sua música, ou seja, o que Sade se propõe a fazer, ela faz e bem. E tudo isso em seu tempo, sem abrir mão de sua criatividade ou ceder as já tradicionais pressões comerciais. Outra raridade neste meio.

Vale uma paradinha para ouvir ‘ Soldier of Love ‘ , que tem uma deliciosa faixa-título, o reagge leve de ‘ BabyFather ‘ ( com a participação de Ila Adu filha da cantora, de 13 anos ) e a cool ‘ Bring Me Home ‘ . Para aquele fã mais curioso o site oficial da cantora é www.sade.com .
Aqui no Amplificador da Pelo Mundo você escuta a faixa-título ‘ Soldier of Love ‘ .
Até a próxima!

[iframe: src=”http://masterlinuxweb.com/pmundo/blog/sade_soldieroflove.mp3″ width=”310″ height=”65″]