Aêee! Finalmente o blog! Depois de enveredar pela ondas da web, tv e telefonia celular, só faltava ele, esse tal de diário virtual. Tá certo, era pra ser só uma rádio, mas mesmo tarde ele vai servir pra mostrar um pouco ( só um pouco) do que rola do universo pelomundano, que costuma ir por mares nunca dantes navegados. Eu, Preta, vou passar por aqui de vez em quando e vou dividir com vcs o que encontro nas minhas pesquisas musicais, coisas estranhas, divertidas, interessantes ou nada tanto assim. Acontecimentos legais, shows, cursos, mostras e outros tais nessa terra outrora tão carente de estimulo artístico, também estarão aqui. E a partir de agora está lançada pedra fundamental do espaço dedicado a sua análise da cena cultural de BH – e de outros cantos do Brasil. Onde vale a pena ir ou é melhor nem passar na porta, bons shows ou aqueles bons pra dormir, lugares com espaço, gente, som, atendimento interessantes. Ou não.
Começo com o já falado show da Orquestra Manguefônica – leia-se Nação Zumbi e Mundo Livre S/A, sábado 25/03, com promoção aqui na PM. Já vale a pena só pela reunião de grupos importantes por tirar as atenções do público do tradicional eixo Rio-Sampa e transferí-las para o nordeste. O que importa mesmo é que o som é muito bom.
Então, tá, até mais.