RSS

Madonna – Rebel Heart

Diva para muitos e rainha do pop para a grande maioria, Madonna está de volta com Rebel Heart, o 13º álbum de sua carreira. Como tudo que envolve a material girl, o disco fez um enorme burburinho desde o fim de 2014 quando algumas faixas vazaram na rede. A moça, que não é nada boba, liberou naquela ocasião umas canções para os fãs como um presente de Natal e este ano lançou o trabalho na íntegra bem antes do previsto, para a alegria do público, mercado e todo o mundo da música.

 

Rebel Heart

Rebel Heart

 

Rebel Heart traz 19 faixas que, segundo a cantora, mostram seu lado rebelde, provocadora, que rompe barreiras, mas também sua parte romântica,  vulnerável e sensível. Nas composições Madonna explora temas como sexo, religião, a vida e seu real sentido, amores desfeitos, liberdade pessoal e tudo o que movimenta seus pensamentos, com seu olhar crítico e o tom por vezes confecional.

 

Madonna

Madonna

 

Madonna é uma artista que está sempre antenada com as tendências que o mercado da música oferece, seja nos estilos ou nas tecnologias. Em seus álbuns encontramos participações de nomes que estão em evidência e desta vez não foi diferente. Marcam presença em Rebel Heart DJ Diplo, Alicia Keys, Nas, Kanye West e até Mike Tyson, sim ele está lá! Com essa salada artística toda, Madonna nos oferece doses generosas de hip-hop, baladas com atmosferas grandiosas e outras bem delicadas e batidas eletrônicas que garantem o tom dançante de várias faixas.

 

Um brinde para a parceria para a parceria de Madonna e DJ Diplo

Um brinde para a parceria de Madonna e DJ Diplo

 

Rebel Heart é um álbum que mantém Madonna no topo da cena pop, onde ela reina há muito tempo inclusive. Aos 56 anos, a moça continua com seu tradicional vigor físico, suas coreografias bem montadas –e ensaiadas – e clipes super bem produzidos. É só conferir o vídeo da faixa Living For Love, que mantém o padrão Madonna de qualidade, com direito a uma citação do filósofo alemão Nietzsche no final. Uma crítica direta aos maus tratos animais, principalmente as touradas e eventos similares. Daí o figurino nos estilo toureira e dançarinos com máscaras de touros altamente estilizadas.

 

A toureira de Living For Love

A toureira de Living For Love

 

Claro que Rebel Heart vai render uma turnê pelo mundo, afinal seu shows são verdadeiros eventos cheios de surpresas. Aliás a agenda de Madonna já está lotada com apresentações na Europa e América do Norte. Já na América do Sul a gente fica aguardando, e torcendo, para que a Rebel Heart Tour passe por aqui. Para saber mais sobre o novo álbum de Madonna, conferir suas redes sociais e datas de shows é só acessar madonna.com .

Aqui no Link Sonoro a gente confere a faixa Living For Love.

Até a próxima! :D

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 03/27/2015 em Música

 

Tags: , , , , , ,

Um bate papo com Angela Ro Ro

A cantora e compositora Angela Ro Ro está literalmente “feliz  da vida”. Neste 2015 a moça completa 35 anos de carreira e muitas novidades estão programadas, desde a 2ª edição do seu programa no Canal Brasil até uma parceria com Flávio Venturinni.

Em meio uma agenda aqui e outra ali, Ro Ro, generosamente, reservou um tempinho para conversar com a gente aqui no Link Sonoro.

 

 

Até a próxima! :D

 

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 03/20/2015 em Música

 

Tags: , , , , ,

Nneka – My Fairy Tales

Os fãs do reagge, soul e da música africana podem fazer a festa. A cantora Nneka lançou recentemente My Fairy Tales, um álbum onde a artista explora outras vertentes da África, que além de lutas, pobreza e desigualdade tem também beleza, diversidade, seu povo, suas crianças e fortes raízes culturais.

 

My Fairy Tales

My Fairy Tales

 

Nneka é uma pessoa do mundo e sua multiculturalidade vem de berço. Filha de pai nigeriano e mãe alemã, e formada em antropologia (sim, antropóloga!), a artista viveu um curto período na Nigéria e depois zarpou para Alemanha onde a música, que por um bom tempo foi apenas um hobby, se transformou em sua profissão. Mas as raízes africanas nunca foram deixadas de lado e Nneka sempre trouxe para o seu trabalho as influências sonoras do seu país e, claro, uma forte crítica social em suas composições.

 

Para Nneka música e questões sociais andam de mãos dadas

Para Nneka música e questões sociais andam de mãos dadas

 

My Fairy Tales é um disco que foi composto em meio uma longa estada em Paris e indas e vindas entre Dinamarca e Nigéria. No álbum Nneka explora temas como a gratidão, a resistência do povo africano, Boko Haram, o futuro das crianças nigerianas e tudo que desperta sua atenção e sensibilidade. Todos esses assuntos vem em embalagens musicais repletas de referências da música negra. Em 9 faixas a cantora abre sua caixinha de reagge, afro beat, hip hop e se une a músicos e produtores que  se deixam levar pela criatividade artística da moça. Faixas como In Me, My Love My Love, Babylon e Surprise nos envolvem na primeira audição. Tanto pela voz particular de Nneka, quanto pelos arranjos e produção bem acabada.

 

Nneka

Nneka

 

Ficou curioso com o trabalho de Nneka? Então corre lá e acesse facebook.com/Nnekaworld ou twitter.com/nnekaworld. Estão lá músicas, vídeos, entrevistas e muito mais.

Aqui no Link Sonoro a gente confere o clip da faixa Book Of Job.

Até a próxima! :D

 
Deixe um comentário

Publicado por em 03/13/2015 em Música

 

Tags: , , , , ,

Pierre Barouh – Saravah (1969)

O ano era 1969, mais precisamente fevereiro de 1969, e o cantor e compositor francês Pierre Barouh desembarcava no Brasil para registrar o rico cenário da produção musical nacional para o seu documentário, Saravah. Não era a primeira vez que o rapaz frequentava as terras brasileiras e seu contato com a MPB já existia, afinal com Baden Powell construiu uma relação musical (na composição Saudade) e de amizade. Melhor porta de entrada impossível. Ainda sem experiência com filmagens e pouco tempo para desenvolver o filme, Pierre reuniu três gerações da MPB daquela época e fez um registro memorável da nossa sonoridade.

 

Saravah

 

A Baden ficou a tarefa de reunir Pixinguinha e João da Baiana, então senhores octagenários, com os jovens Maria Bethânia e Paulinho da Viola, além da cantora Márcia e do trombonista Raul de Souza. Em locações simples, Barouh juntou essa galera para “fazer um samba”, tomar uma cervejinha e contar histórias da nossa música, da nossa influência africana (sonora e religiosa) e da revolução melódica pela qual a MPB vinha passando. Você já pode imaginar a aula que Pierre Barouh ganhou destes bambas. Baden Powell explicando a diferença entre macumba e candomblé e mostrando a diversidade rítmica através do seu violão, João da Baiana e Pixinguinha contando suas histórias lendárias e Paulinho da Viola dando um show com seu arquivo infindável de sambas. Aliás, desde aquela época, então com 26 aninhos, Paulinho já era um príncipe. Tanto no seu trato com o outro, quanto no seu compromisso com o samba e, claro, com a Portela.

 

Pierre, Baden e João da Baiana : encontro memorável!

 

O repertório é um caso à parte em Saravah. Aliás, vale lembrar que Saravah é a versão em francês para Samba da Benção, que estourou na França em 1966. Estão lá Canto de Yemanjá, Pecadora, Baby, Tropicália, Sermão e Pranto de Poeta. Só para citar alguns. O documentário foi exibido em território francês e demorou – e muito – para “ voltar” ao Brasil. Chegou já no século XXI e foi lançado pela Biscoito Fino em 2006. Se você ainda não conferiu um dos mais importantes registros sobre a nossa música, está perdendo tempo, no Youtube é possível encontrar o documentário na íntegra. Corre lá! E..Saravah!

 

Pierre Barouh, um francês apaixonado pela música brasileira

 

Aqui no Link Sonoro  você confere um trecho de Saravah : Pixinguinha, Baden Powell e João da Baiana em Lamento, raridade pura  :)

Até a próxima!

 

 

 

 

 

 

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 03/06/2015 em Música

 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Bob Marley – Easy Skanking in Boston ’78

Se estivesse vivo, Bob Marley completaria 70 primaveras este ano. E claro que homenagens não vão faltar.  Pela primeira vez os herdeiros de Bob darão acesso aos arquivos da gravadora Universal e uma série de vídeos, músicas e apresentações ao vivo e inéditas vão chegar ao grande público. E o primeiro deles já foi lançado. Este mês chegou em várias lojas físicas e virtuais, nos formatos CD e Blue-Ray, Easy Skanking in Boston ’78, registro inédito de um show de Bob Marley &The Wailers, gravado por um fã com a autorização do próprio Marley, durante a passagem da turnê do álbum Kaya em Boston.

 

Easy Skanking in Boston '78

Easy Skanking in Boston ’78

 

Para a gente lembrar, Kaya foi lançado em 1978 e mostra um momento criativo mais calmo do artista em contraste com a fase anterior, de muita militância de Bob Marley e seu grupo, o The Wailers. Lá estão alguns dos maiores hits de Marley como Is This Love, Sun Is Shining e a faixa-título Kaya.

 

Kaya

Kaya

 

De volta para Easy Skanking in Boston ’78, a obra traz um excelente trabalho de remasterização e com a qualidade melhorada do som, podemos sentir a intensidade de um show de Bob Marley & The Wailers. É impossível não se ver tomado pela catarze sonora no palco e na plateia, causada pela vibração musical de uma banda altamente competente, com músicos de primeira grandeza e pela voz visceral de Bob Marley.

 

Bob Marley & The Wailers

Bob Marley & The Wailers

 

Já o repertório é uma verdadeira delícia do reagge. Estão lá Slave Driver, I Shot The Sheriff, Get Up Standy Up, Them Belly Full, Burnin’ & Lootin’ e Jamming. Isso só para citar  algumas das 13 músicas que compõem o trabalho. Easy Skanking in Boston ’78 cumpre a missão de trazer para o público a energia e a grandiosidade da música de Bob Marley. E imagine o que vem por aí, durante este ano, para celebrar o Rei do Rasta!

 

Bob Marley

Bob Marley

 

Vale destacar também, o trabalho feito na web. Um site muito bem elaborado, que traz a história, a música, a família, fotos, vídeos, redes sociais , ou seja, um ambiente repleto de informações para o público. Não deixe de dar um pulinho em bobmarley.com, com certeza você vai gostar. Aqui no Link Sonoro a gente confere a faixa Jamming .

Até a próxima! :D

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 02/27/2015 em Música

 

Tags: , , , ,

Valerie June – Pushing’ Against A Stone

Se você é um daqueles fãs ardorosos do rhythm and blues, do soul, jazz, country e afins já deve ter ouvido falar da cantora Valerie June. Se não, está na hora de conhecer o trabalho desta moça que vem ganhando cada vez mais espaço no mundo  da música.

 

Valerie June

Valerie June

 

Valerie June nasceu no Tennessee, Estados Unidos, e com tantas influências sonoras ao seu redor, não tinha como fugir da carreira musical. Depois que ganhou seu primeiro violão, aos 15 anos, Valerie não parou mais. Aprendeu outros instrumentos, cantou em igrejas, tocou em vários palcos e hoje vem colhendo os frutos da sua busca musical.

 

Um instrumento é pouco para a moça

Um instrumento é pouco para a moça

 

Dona de uma voz particular que cai como uma luva em suas canções, Valerie, que também é compositora, procurou se cercar de músicos e produtores que sabem levar, na medida certa, os acordes para cada arranjo das composições. Em 2013 ela lançou Pushing’ Against A Stone, álbum que traz uma feliz parceria com Dan Auerbach (vocalista e guitarrista do The Black Keys ) e com o produtor  Kevin Augunas.  No disco June explora as raízes da música norte-americana com uma banda super afinada, melodias bem produzidas e o tradicional grupo de backing vocals que o estilo pede. O resultado foi um excelente álbum de estreia e uma carreira que vem se consolidando desde então.

 

Pushing’ Against A Stone

Pushing’ Against A Stone

 

Por aqui a gente fica aguardando anciosamente o próximo disco de Valerie June. Para saber mais sobre o trabalho da moça é só acessar valeriejune.com estão lá suas redes sociais, biografia, vídeos, música e muito mais.

Aqui no Link Sonoro a gente confere a faixa Wanna Be Your Mind .

Até a próxima! :D

 

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 02/20/2015 em Música

 

Tags: , , , ,

Alice Caymmi – Rainha dos Raios

A família Caymmi tem em seu DNA música e poesia em doses generosas. Dori, Nana e Danilo Caymmi levam adiante, com muito talento, a herança artística deixada pelo pai Dorival Caymmi. E parece que a terceira geração deste clã cultural segue o mesmo caminho. Alice Caymmi, filha de Danilo, tem o mesmo dom para música, mas a sonoridade  conteporânea e experimental mostra que a moça busca novos horizontes para seu som.

 

Dori, Danilo e Nana : seguindo os passos do pai com muito talento

Dori, Danilo e Nana : seguindo os passos do pai com muito talento

 

Em 2014 Alice Caymmi soltou seu 2º álbum solo, Rainha dos Raios, um disco que traz – em suas 9 faixas – regravações para nomes como Caetano Veloso, Gil, Maysa e MC Marcinho, além de uma composição própria. Mas não se iluda, o trabalho está longe de ser um mero registro de releituras. Em Rainha dos Raios, Alice impõe sua identidade sonora e ao lado do produtor Diogo Strausz explora as mais diversas ambientações musicais.

 

Rainha dos Raios

Rainha dos Raios

 

Rainha dos Raios traz uma estética sonora marcante, com melodias que vem envolvidas por violinos, metais,  elementos eletrônicos e guitarras que às vezes chegam distorcidas e em outros momentos delicadamente harmônicas. Dona de uma voz grave e uma interpretação intensa, Alice Caymmi aproveita a cama bem feita pela banda e backing vocals para explorar nuances diferentes para cada canção. E por falar nelas – as canções – estão lá Jasper de Caetano Veloso, Meu Mundo Caiu de Maysa, Como Vês de Domenico Lancellotti e Bruno Di Lullo, Princesa do MC Marcinho e Iansã de Gil e Caetano. Ou seja, diversidade é o carro-chefe do trabalho de Alice Caymmi.

 

Alice Caymmi

Alice Caymmi

 

Para conhecer mais de perto o universo sonoro de Alice Caymmi é só acessar rainhadosraios.com . Aqui no Link Sonoro você confere Rainha dos Raios na íntegra, direto do Soundcloud da moça.

Até a próxima! :D

 

 

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 02/06/2015 em Música

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 633 outros seguidores